quinta-feira, 8 de novembro de 2007

DEFINIÇÕES DE DIREITOS DA PERSONALIDADE

“FRANCISCO AMARAL define os direitos da personalidade como direitos subjetivos que têm por objetivos os bens e valores essenciais da pessoa, no seu aspecto físico, moral e intelectual.”
MARIA HELENA DINIZ, conceitua como “direitos subjetivos da pessoa defender o que lhe é próprio, ou seja, a sua integridade física (vida, alimentos, próprio corpo vivo ou morto, corpo alheio vivo ou morto, partes separadas do corpo vivo ou morto); a sua integridade moral ( liberdade de pensamento, autoria cientifica, artística e literária); e a sua integridade moral( honra, recato, segredo profissional e doméstico, identidade pessoal,familiar e social).”